sábado, 14 de março de 2009

FILMES EM CARTAZ

José de Abreu é Juscelino Kubitschek em filme de Zelito Viana

Antes trancafiado nos livros escolares, Juscelino Kubitschek, para os jovens, era só mais um dos inúmeros presidentes da República. Faz pouco tempo que sua imagem tornou-se conhecida pelo público, graças à minissérie JK, de Maria Adelaide Amaral. Essa imagem pessoal do político - mesmo que sua história tenha altos e baixos - se repete em Bela Noite Para Voar, filme de Zelito Viana, que estréia nos cinemas brasileiros nesta sexta-feira.

O filme acompanha 24 horas da vida de Juscelino Kubitschek (José de Abreu), pouco tempo após ser eleito. Visto como o "homem que não pára", ele divide seu dia entre vôos pelo interior do Brasil e a obsessão pela Princesa (Mariana Ximenes), amante que mantinha em Belo Horizonte. Com a agenda cheia, o presidente ignora, por completo, que os militares planejam um golpe de estado contra ele - o mote principal do filme.

Bela Noite Para Voar é livremente inspirado no livro de Pedro Rogério Moreira e, assim como a obra, o roteiro mostra a relação de Juscelino com outros políticos marcantes na história nacional, como o opositor Carlos Lacerda (Marcos Palmeira) e até o caricato Jânio Quadros (Cassio Scapin).

Com a pouca divulgação nos meios de comunicação, Bela Noite Para Voar não deve fazer muito alarde no País, mas não deixa de ser um filme importante, que se esforça em levar um pouco do que teria sido Juscelino nos anos dourados.


FILMES EM CARTAZ from JOREBRI on Vimeo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seus comentários ou críticas. Serão bem-vindos.