quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

I N D I G N A Ç Ã O

Na interpretação de Rolando Boldrin, os versos de Cleide Canton que introduzem a estrofe final de Rui Barbosa: um grito de lamento pela corrrupção que assola nosso país. Belo texto que deve ser ouvido e refletido de tempos em tempos, para que nunca se apague de nossa memória. Colaboração do amigo James.

Um comentário:

  1. Muitos já conhecem esta declaração de amor ao Brasil,
    uma declaração feita por um Rolando Boldrim emocionado; emocionado qual ficamos, ao vê-lo declamar!
    Disse há poucos dias, sobre o patriotismo neste país,
    a triste e sarcástica frase (de Nelson Rodrigues, parece-me) na qual é dito, q brasileiro, apenas reconhece a sua Pátria, nas pontas da chuteiras da Seleção de Futebol.
    Esta declamação, verão, coloca a nossa Pátria no seu devido lugar!
    abração,
    Rachel.

    ResponderExcluir

Deixe aqui seus comentários ou críticas. Serão bem-vindos.