quarta-feira, 21 de julho de 2010

CANTINHO DA POESIA

O nosso Cantinho apresenta um poema do inesquecível poeta chileno Pablo Neruda: TALVEZ.

Um comentário:

  1. Certo é que não há "TALVEZ" na poesia de Neuruda.
    É sempre CERTA a beleza!
    Rogoldoni

    ResponderExcluir

Deixe aqui seus comentários ou críticas. Serão bem-vindos.