segunda-feira, 11 de outubro de 2010

CANTINHO DA POESIA

Apresento para vocês o poema OS DEGRAUS de MARIO QUINTANA.


Não desças os degraus dos sonhos
Para não despertar os monstros.
Não subas aos sótãos – onde
Os deuses, por trás de suas máscaras,
Ocultam o próprio enigma.
Não desças, não subas, fica.
O mistério está é na tua vida!
E é um sonho louco esse nosso mundo…


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seus comentários ou críticas. Serão bem-vindos.