sábado, 21 de maio de 2011

Apetite sexual-monetário ataca Palocci, FMI e Schwarzenegger

Os políticos entraram em maus lençóis nesta semana por conta da sede de dinheiro e sexo. O diretor do FMI, Dominique Strauss-Kahn, foi acusado de atacar sexualmente uma camareira. O ex-governador da Califórnia, Arnold Schwarzenegger, revelou ter um filho com sua ex-empregada. Cá no Brasil, o apetite patrimonial do ministro da Casa Civil, Antônio Palocci, virou notícia após seus bens multiplicarem por 20 em quatro anos. 
Este vídeo postado pela UOL é muito hilário, uma charge política muito real do momento atual. Curtam.

Um comentário:

Deixe aqui seus comentários ou críticas. Serão bem-vindos.