domingo, 26 de junho de 2011

CANTINHO DA POESIA

Nosso Cantinho agora apresenta um poema de Fagundes Varela chamado A FLOR DO MARACUJÁ.

3 comentários:

  1. Renato bom dia. Há muito tempo nao retirava da preteleira meu "Poesias Completas de Fagundes Varela". Seu "Cantinho da Poesia" me conduziu ao encontro dele. Nao tinha lido "A flor do maracuja". Li agora, mas somente depois de ouvir, você no seu "cantinho", declamá-la com apresenção visual e acompanhada de boa musica. Ao ensejo, li mais alguma coisa dele e retornei um pouco, digo, muito, no tempo que li algumas poesias dele como: "Desejo" (pedido pós mortem); "Diversão" (uma fossa com força etilica);"Esperança" (a mais longa dele - suponho - num acasalamento de passado-esperança). Mas a lista é longa: "A mulher" (posta num pedesta)l (sic); "Resignação" (colocando tudo para fora com força megatonica). Mas o cerne desta é dizer a voce, obrigado por me mandar de volta ao Varela, que estava esquecido mas voltou onde costumava estar, na cabeceira de minha cama. Um grande companheiro. Você, outro por trazer tao grata lembrança.
    Obrigado caro Renato. Um grande abraço do Domingos

    ResponderExcluir

Deixe aqui seus comentários ou críticas. Serão bem-vindos.