segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Estamos com fome de amor

Essa crônica do Jabor já foi amplamente difundida na Internet e é muito conhecida. Continua circulando como anexo de e-mails e seu autor foi muito feliz ao redigí-la. Por isso, resolvi dar a minha interpretação para este texto tão verdadeiro e tão atual.

Um comentário:

Deixe aqui seus comentários ou críticas. Serão bem-vindos.