quarta-feira, 6 de junho de 2012

CANTINHO DA POESIA

O poema é MEUS OITO ANOS de Casimiro de Abreu esplendidamente interpretado pelo inesquecível Paulo Autran


2 comentários:

  1. O fundo do baú também guarda coisas preciosas.
    Muito bonita a interpretação do Paulo Autran dessa poesia tão conhecida quanto mal declamada por tanta gente.

    ResponderExcluir
  2. Fantástico!
    Autran dá um show nesta interpretação.

    ResponderExcluir

Deixe aqui seus comentários ou críticas. Serão bem-vindos.